Posições Mais Fáceis de Yoga

Se você pretende começar a receber os benefícios do Yoga para a mente e para o corpo, veja quais são as posições mais fáceis para iniciantes.

Artigo publicado por Cristiane Zen nas categorias: Poses

Ao pensar em Yoga, logo imaginamos em relaxamento, meditação, calma e “posturas complicadas”, não é mesmo? Na verdade, o que o Yoga propõe é o equilíbrio entre o corpo, a mente e as emoções. Juntos, promoverão uma vida cheia de energia, sabedoria, saúde e tranquilidade. E o melhor dessa prática é que ela pode ser realizada na calma e conforto do seu lar. Para tanto, basta ter um tapete de plástico ou um colchonete para não escorregar e esfriar muito o corpo. Então, se você quiser começar a praticar essa filosofia, conheça as posições mais fáceis de Yoga.

Posições-Mais-Fáceis-de-Yoga

Posição de Oração

Fique em pé com as costas eretas, as pernas abertas na direção dos quadris e os pés voltados para a frente. Estique os braços para a frente formando uma linha paralela com o solo e, inspirando, puxe-os na direção do peito, encostando as palmas das mãos uma na outra como se estivesse orando. Então, expire lentamente. Faça 3 respirações profundas e, em seguida, levante os braços retos acima da cabeça, mantendo as palmas das mãos unidas. Incline levemente a cabeça para trás, como se estivesse olhando para as mãos. Faça mais 3 respirações e volte para a posição anterior. Essa postura relaxa e acalma a mente e o coração. Durante a prática, concentre-se bem no que está fazendo, esquecendo-se de todas as preocupações do dia a dia.

Posição Para Conectar Mente e Corpo

Sente-se com as pernas cruzadas e as costas eretas. Enquanto inspira profundamente, levante os braços esticados formando um “V”. Depois, durante a expiração lenta, vá descendo os braços retos até a altura dos ombros. Faça esses movimentos por 10 vezes, nunca se esquecendo da respiração para formar uma relaxante conexão entre a mente e o corpo.

Posição Para Flexionar a Coluna

Sente-se com os joelhos dobrados encostando o chão e com os glúteos sobre os calcanhares, sempre com a coluna ereta e a cabeça voltada para a frente. Leve os braços retos para trás do corpo e entrelace os dedos das mãos, abrindo bem o tórax. Para tanto, levante os braços o mais alto que puder, inspirando e sentindo seus pulmões se expandirem. Depois relaxe expirando e trazendo os braços para baixo. Repita os movimentos por 10 vezes e sentirá a sua coluna super alongada.

Posição Para Relaxar a Mente

Em pé com as pernas unidas e as costas eretas, inspire vagarosamente, enchendo o diafragma de ar. Então, vá abaixando o tronco, a cabeça e os braços expirando, até que as mãos encostem o chão. Durante outra inspiração, coloque uma mão sobre o cotovelo oposto, como se estivesse abraçando alguém. Depois, solte os braços, esticando-os para baixo e solte o ar lentamente. Faça esse movimento 10 vezes.

Posição Para Ativar o Tônus Muscular de Sustentação do Tronco

Sente-se com as pernas dobradas de modo que a sola de um pé encoste na do outro mantendo a coluna ereta. Jogue o tronco para a frente com os braços esticados até encostar as mãos no chão. Levante a mão direita e leve o braço para trás e para cima, olhando para a mão. Faça 5 respirações, volte à posição anterior e repita o movimento com o outro braço. Porém, se você tiver hérnia de disco, cuidado! Apenas leve a mão para trás, sem fazer a torção.

Posições-Mais-Fáceis-de-Yoga1

Posição do Cachorro Olhando Para Baixo

Fique em pé com as pernas unidas e as costas eretas. Vagarosamente, durante a expiração, dobre o tronco para baixo até encostar as mãos no chão, sentindo a coluna toda ser alongada. Olhe para o chão e faça 5 respirações lentas.

Cristiane Zen

Autora

Cristiane Zen pratica yoga há duas décadas e dedicou sua vida à compartilhar suas descobertas através de suas viagens por solos orientais nos últimos 10 anos.



Comente!




*Campos obrigatórios